Psicoterapia da Criança

Precisamos pensar na criança como um ser "aberto"! Aberto a tudo, coisas positivas e também coisas não tão boas,  com uma enorme capacidade de absorver o meio que a cerca, julgando e avaliando o mundo de forma imatura, precisando, totalmente, da ajuda de um adulto e seus direcionamentos para simbolizar tudo que a rodeia de forma satisfatória. 


Algumas crianças apresentam dificuldades na área do relacionamento social, da aprendizagem, relacionadas ao sono, alimentação, limites, agressividade, timidez... Passam por traumas, sejam eles físicos ou não, como separação dos pais, falecimentos. Se tudo isso pode ser difícil para um adulto, imagina só para uma criança, que não tem muitas ferramentas e estão em total construção emocional?! Pais ou responsáveis ficam perdidos, sem saber como agir, como lidar com o sofrimento da criança. Acredito que é nesse momento que a ajuda de um psicólogo se torna eficaz. Vejo a psicoterapia da criança, como um apoio a toda a família, na qual todos precisam se envolver para auxiliar no processo de ajuste da criança, pois, em sua maioria, tal sofrimento mexe com todos à sua volta.


Diferente da psicoterapia do adulto, com a criança trabalhamos com a técnica da LUDOTERAPIA,  que nada mais é do que auxiliar a criança a entender seus próprios conflitos através do ato de brincar. A brincadeira na vida da criança é algo muito sério, é com ela que a criança tem uma maior possibilidade de resignificar suas dificuldades, é a linguagem maior e possível que a criança possui de entender o mundo que a cerca. Brincadeiras, brinquedos, jogos, são utilizados, e é neste mundo infantil que a criança vai nos mostrando os seus incomôdos e,  no momento que o psicólogo realiza os devidos direcionamentos, vai reconstruindo os fatos que pedem o devido cuidado e atenção.


Entrevistas com os pais ou responsáveis é de extrema importância no início e durante todo o processo psicoterapêutico, já que, em sua maioria, a criança tem poucos subsídios de nos trazer verbalmente e de forma mais objetiva os acontecimentos e possíveis causas da queixa. 


Assim como na vida adulta, podemos, sim, nos deparar com algumas patologias da infância, como depressão infantil, transtornos relacionados à aprendizagem, à alimentação, ao contato com outras pessoas. Tudo isso é também abordado e avaliado durante o processo psicoterapêutico.

* ESPECIALIDADES:
* Depressão infantil / ansiedade infantil;
* Dificuldades relacionadas à aprendizagem (TDAH, Dislexia…)
* Agressividade e passividade;
* Dificuldade na socialização;
* Entre Outras...
 

Atendimentos

Clínica de Psicologia

Rua Américo Brasiliense, 244 - Sala 32
Edifício Américo Brasiliense
Cambuí - Campinas|SP

contato@clinicaintuir.com.br

Tel: (19) 4141-9042 | (19) 99252-1866

  • Facebook - White Circle
  • LinkedIn - White Circle

Todos os direitos reservados - Clínica Intuir | Desenvolvido por Onni Comunicação